Parcerias

Orangutan Land Trust

Orangutan Land Trust

Agropalma faz acordo de cooperação com a OLT em ações para a preservação de orangotangos em florestas tropicais

A Agropalma fechou um acordo de parceria estratégica com a organização não-governamental britânica Orangutan Land Trust (OLT), a qual trabalha para possibilitar soluções sustentáveis que garantam áreas seguras de floresta para a continuidade da sobrevivência de orangotangos. A companhia anunciou sua participação no Palm Oil Innovations Group (POIG), juntamente com a New Britain Palm Oil, Daabon, Greenpeace, WWF, Rainforest Action Network e Forest Peoples Programme. A Orangutan Land Trust também se juntou ao POIG.

De acordo com o diretor comercial e sustentabilidade da Agropalma, Marcello Brito, a iniciativa está ligada à nova estratégia da empresa. "Esta parceria com a Orangutan Land Trust é parte das ações internacionais da Agropalma de colaboração no setor de meio ambiente. Se nós podemos vender nossos produtos em vários países, nós também podemos contribuir na conservação do meio ambiente fora da nossa região e nos alinhar com as diversas e modernas visões de nossos clientes instalados em diferentes países e culturas. Esse é o novo contexto de parcerias internacionais, sejam elas econômicas ou não."

Apesar de estar localizada no Brasil, onde o orangotango não é nativo, a empresa assume compromisso com o item 1.8 do acordo do POIG, que visa a Proteção e Conservação da Vida Selvagem e inclui: "além de assegurar a proteção e sobrevivência de todas as espécies raras, ameaçadas ou em extinção dentro de sua área de atuação, produtores também contribuem para a sobrevivência de espécies ameaçadas fora de sua área de atuação geográfica". Dando, assim, a responsabilidade pela proteção da biodiversidade de uma perspectiva muito mais ampla.

A empresa opera no Brasil desde 2004 em projetos para preservar a vida selvagem na Amazônia. Um programa que já identificou 407 espécies de pássaros, 37 mamíferos, 40 répteis e 22 anfíbios. Entre eles há 12 espécies ameaçadas de extinção. A identificação científica de espécies existentes dentro de suas áreas de plantio e em mais de 64 mil hectares de reservas florestais da empresa é feita anualmente por meio de programas de parceria com ONGs internacionais, universidades e centros de pesquisa. Essa iniciativa tem como objetivo assegurar que suas atividades econômicas não interfiram no desenvolvimento ou mitiguem ao máximo os impactos na preservação da fauna e flora locais.

A diretora executiva da Orangutan Land Trust, Michelle Desilets, recebe calorosamente a nova parceria estratégica com a empresa. Ela diz: "A Agropalma tem sido líder em sustentabilidade no setor de óleo de palma, e nós compartilhamos com eles a visão de quebrar a ligação entre óleo de palma e desmatamento em um contexto global. Nós esperamos que nossa parceria atue como catalisador nesse sentido. Além disso, com o generoso apoio da Agropalma, podemos permitir atividades de conservação na Indonésia e na Malásia, que não só irão ajudar a proteger os orangotangos, mas também toda a biodiversidade que compartilha seu habitat da floresta tropical."

Clique aqui e saiba mais sobre a OLT

Fechar