Meio Ambiente e Desenvolvimento Social

O grupo Agropalma atua na Região Amazônica, na maior floresta tropical do mundo, correspondente a quase 60% da área do Brasil e considera a sua preservação fundamental para o planeta. Nesse contexto entende que a execução dos processos que compõem sua cadeia produtiva está diretamente ligada ao desempenho das pessoas da organização em um contexto de responsabilidade social e de respeito ao meio ambiente.

 

 

 

 

 

Desde o final da década de 90, a organização investe na melhoria do seu desempenho socioambiental, por meio de:

  • Adaptação de processos internos;
  • Elaboração de diagnósticos sociais e ambientais;
  • Parcerias com ONGs;
  • Implantação e certificação do Sistema Integrado de Gestão em todas as atividades produtivas;
  • Obtenção de certificações socioambientais e orgânicas;
  • Desenvolvimento e implantação de programas e projetos que visam a proteção do meio ambiente e o desenvolvimento socioeconômico das comunidades envolvidas com o empreendimento;
  • Comprometimento com a adoção das melhores práticas de manejo do solo, visando manter sua fertilidade e minimizar a erosão, por meio da utilização de adubação verde, fertilização orgânica e mineral conforme a necessidade da cultura e exclusão de solos impróprios para o plantio (ex. terrenos íngremes, solos arenosos, etc.);
  • Compromisso de nunca usar qualquer agroquímico classificado pela Organização Mundial da Saúde como tipo 1A ou 1B, ou agroquímicos listados nas Convenções de Estocolmo ou Roterdã;
  • Respeito aos direitos humanos incluindo aqueles estabelecidos na Declaração Universal dos Diretos Humanos (ONU, 1948) e na Declaração da OIT sobre os Princípios e Direitos Fundamentais no Trabalho (OIT, 1998);
  • Reconhecimento e respeito aos direitos legais, de uso e costumes que as comunidades indígenas, tradicionais e locais possuem sobre as terras que ocupam, bem como o respeito ao direito de exercerem suas atividades conforme a cultura e os costumes tradicionalmente estabelecidos.
Fechar