A sustentabilidade é a nossa essência, somos motivados por gerar impacto positivo para o planeta e para todos os que fazem parte da nossa rede.

Por isso, reiteramos todos os dias os nossos compromissos com a preservação das florestas e da biodiversidade, com o desmatamento zero, com o combate às mudanças climáticas, com a água, com as comunidades e com o desenvolvimento social nos locais onde estamos presentes.

Acreditamos que somente assim seguiremos em direção ao nosso propósito: tornar a palma sustentável uma referência brasileira.

Preservação das florestas e da biodiversidade

Respeitamos a natureza em todos os nossos processos e contribuímos para o equilíbrio dos ecossistemas.

Em parceria com a Conservação Internacional (CI) trabalhamos para promover a conservação da biodiversidade em todo o Centro de Endemismo de Belém (CEB), por meio do engajamento com stakeholders e apoio à implementação de políticas públicas que trazem impactos positivos para além de nossas fronteiras.

Nossas reservas florestais, que correspondem a aproximadamente 60% das nossas terras, também são monitoradas e protegidas, além de desempenharem um papel importante na manutenção da biodiversidade do CEB. E nossos objetivos não param por aí: entre 2022 e 2025 expandiremos o trabalho de monitoramento junto à CI para as fazendas de nossos produtores parceiros, visando alcançar 24 novas áreas até o final desse período. Para 2028, a meta é concluirmos a restauração de 500 hectares de matas ciliares em nossas fazendas.

Além disso, restauramos em nossa refinaria localizada em Limeira/SP, 2,5 hectares de Mata Atlântica, um dos ecossistemas mais diversos do mundo.

Desmatamento zero e combate às mudanças climáticas

Mais do que engajados, queremos ser parte da mudança.

Desde 2002, assumimos uma política rigorosa de não desmatamento. Deixamos de converter florestas em plantações de palma e concentramos nossos esforços em iniciativas de modernização das nossas plantações em práticas agronômicas que visam à eficiência do solo. Algumas dessas práticas são a análise periódica e gestão de fertilizantes, o monitoramento das emissões decorrentes de mudanças no uso do solo e o não-desenvolvimento de plantações em solos orgânicos turfosos ou inadequados à cultura da palma.

Outra busca relevante da companhia é ser Carbono Zero, um dos principais desafios de empresas e governos no cumprimento das metas estabelecidas no Acordo de Paris.

Recentemente, em parceria com a Biofílica Ambipar Environment, demos início ao Projeto REDD+ Agropalma, um incentivo desenvolvido pela Convenção das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC), projeto que viabilizará o início da venda de créditos de carbono pela Agropalma.

Para além de neutra em emissões, queremos contribuir para que outras companhias também possam fazer a sua parte no combate às mudanças climáticas.

Água

Acreditamos no melhor uso dos recursos hídricos e trazemos para a prática.

Atualmente, a Agropalma divide em duas etapas o reuso da água utilizada em seus processos industriais. A água residuária, oriunda da clarificação e da secagem, é reutilizada na etapa da prensagem, diminuindo a necessidade de mais captação. Os efluentes, por sua vez, são bombeados para uma lagoa de tratamento, onde passam por um processo de decomposição anaeróbica e, depois, são utilizados como fertilizantes em nossas plantações.

A aplicação desse fertilizante líquido também é feita por meio de um sistema de bombeamento movido a energia elétrica, gerada a partir de biomassa. Assim, além de aproveitarmos todos os nutrientes e toda a água do efluente, temos um ganho energético, já que reduzimos a necessidade de adubo químico.

Consequentemente, reduzimos também a energia que seria gasta na produção e no transporte desse adubo.

Comunidades e desenvolvimento social

A relação com as comunidades no centro de nossa estratégia.

Escola Agropalma

A Escola Agropalma é outra iniciativa de destaque da empresa no âmbito do desenvolvimento social. Ela é oferecida a todos os filhos de colaboradores da companhia e sua prioridade é garantir que os alunos concluam uma educação básica de qualidade e, tenham acesso ao ensino superior.

Além disto, a escola também oferece educação para jovens e adultos (EJA) no período noturno, contribuindo para a melhoria das habilidades dos nossos colaboradores e de seus dependentes na alfabetização e também na matemática básica.

Agricultores parceiros

Em 2002, fomos pioneiros no lançamento do nosso programa de agricultura familiar, que hoje conta com 202 agricultores familiares e 43 produtores integrados. Esses produtores parceiros são nossos fornecedores mais importantes, respondendo por cerca de 23% dos frutos processados em nossas fábricas.

Trabalhamos para que os agricultores familiares tenham acesso aos melhores materiais de plantio e aos melhores insumos agrícolas. Além disso, fornecemos a eles aconselhamento sobre práticas de sustentabilidade e requisitos legais, todos certificados pela RSPO.

Nos últimos 15 anos, esse projeto aumentou em 685% a remuneração dessas pessoas e demonstrou que é possível conciliar a geração de renda com a preservação do meio ambiente.

Nossas parcerias

Cultivamos e mantemos parcerias duradouras que geram benefícios mútuos com institutos e ONGs – assim, criamos pontes com as comunidades locais e com a floresta.

Saiba mais

Selos e certificações

Reforçamos nosso compromisso com as pessoas e com a natureza por meio de selos e credenciais, que certificam nossa gestão e nossas práticas e, assim, agregam valor aos nossos produtos.

Saiba mais

Transparência Corporativa

Nossos processos são transparentes e estão disponíveis para quem quiser conhecer mais sobre os nossos compromissos.

Nós da Agropalma acreditamos que, para exercer a transparência corporativa de maneira plena, também é necessário estabelecer condições para que as partes interessadas se manifestem.

Estamos sempre dispostos a dialogar com as pessoas e com as organizações que desejem entender o funcionamento e os impactos de nossas operações, ou que queiram relatar qualquer situação entendida como desrespeito aos direitos humanos ou a qualquer compromisso corporativo assumido por nós.

Por isso, defensores dos direitos humanos, denunciantes internos, reclamantes e representantes de comunidades e outras partes interessadas podem entrar em contato conosco por meio de diversos canais de comunicação clicando aqui.

Relatório de sustentabilidade

Relatório de Sustentabilidade 2019

Download

Relatório de Sustentabilidade 2017

Download

Relatório de Sustentabilidade 2015

Download

Relatório de Sustentabilidade 2013

Download

Relatório de Sustentabilidade 2019

Download

Relatório de Sustentabilidade 2017

Download

Relatório de Sustentabilidade 2015

Download

Relatório de Sustentabilidade 2013

Download

Outros documentos disponíveis para consulta:

  • Detalhes de reclamações e queixas
  • Plano de sustentabilidade econômica e financeira de longo prazo
  • Procedimento de negociação e aquisição de terras
  • Plano de melhoria contínua
  • Relatórios de certificação RSPO
  • Relatório de auditoria RSPO
  • Política de respeito aos direitos humanos (lançada em 2016)
  • Preços atuais e passados, pagos aos fornecedores de CFF
  • Procedimentos para recrutamento, seleção, contratação, promoção, aposentadoria e demissão
  • Atas de reuniões com sindicatos
  • Acordo coletivo de trabalho

Os interessados devem entrar em contato com a nossa área de Comunicação Corporativa pelo telefone (91) 4009-8159 ou pelo e-mail: comunicacao@agropalma.com.br.